Tudo sobre malas para voltar da Europa para o Brasil…

11 jul

Pessoas, olha que sucesso, dois posts em uma mesma semana, uhul!rs

Bem, antes de voltar eu fiz uma lista aqui no blog mesmo, num post antigo, com assuntos sobre os quais ainda queria compartilhar com vocês, e um deles é a respeito do desespero que foi organizar toda a minha bagagem para voltar para o Brasil. Pois bem, aqui vamos nós.

Eu comecei a arrumar as minhas coisas com quase um mês de antecedência da data marcada para embarcar para casa. Primeiro, eu separei todas as coisas que eu não traria. Deixei muita coisa para trás mesmo. Algumas, porque estavam velhas e surradas, outras, porque eram muito legais para serem usadas na Irlanda, mas no Brasil, sabia que seriam só mais um entulho no meu guarda roupas. Assim, separei uma sacola enorme para doação.

Nos supermercados Tescos há uma caixa para receber donativos de roupas e calçados e minha host (fofa), ficou responsável por levar minhas sacolas de doação até lá depois que eu viesse embora.

Em seguida, eu fechei a primeira mala. Para isso, primeiro fui atrás de informações reais sobre o peso permitido. Isso porque, quando você começa a pensar sobre isso e resolve procurar no google, vc acha de tudo. Assim, quero dizer que, eu viajei pela KLM e por isso, só posso responder pelo que sei sobre esta cia aérea, dessa maneira, o que afirmo para vocês é que, cada um que tenha emitido sua passagem no Brasil pode embarcar da Europa para cá com duas malas, cada uma pesando 32 kg.

Gente, é importante que vocês saibam que são 32 kg e ponto. Não existe pagar excesso de bagagem na mala, qualquer coisa que ultrapassar isso terá que ser retirada. Assim, se você quiser ou precisar levar mais coisas, terá que buscar outras opções ou, se preferir, despachar uma mala a mais, também de até 32 kg. Todavia, para esta última opção, àquela época, era cobrado o valor de 200 euros pela mala extra.

Pois bem, eu não tinha 200 euros para poder levar uma mala a mais, mas com certeza, precisava trazer bem mais que 64 quilos de bagagem e ai, foi uma loucura só!

Primeiro, eu separei o que era importante mesmo, coisas que eu jamais poderia deixar para trás e que viriam no meu limite. Confesso para vocês que as primeiras coisas que separei foi o meu pote de 1,5ml de shampoo profissional da Wella, a maleta linda de maquiagem que eu havia ganhado e os meus casacos novos!rs… Colocando isso nas malas, o resto fui encaixando por ordem de prioridade e pesando. Uma coisa que me foi muito útil foram os sacos a vácuo que reduzem o volume da bagagem, que facilitam e muito o espaço, entretanto, não alteram em nada o peso do conteúdo. (rs)

O resultado final foi que eu fechei as duas malas grandes ( uma das quais, comprei lá por um preço super digno em se tratando da qualidade da mala), cada uma com exatos 31kg (afinal, não podia contar que as balanças do aeroporto seriam exatamente iguais as da minha casa) e para o meu desespero, ainda tinha ficado muita coisa de fora!

Mas, como já disse o profeta, quem tem amigos verdadeiros encontrou um tesouro! Separei duas malas, uma de roupas com uns 10 kg e outra de livros (comprei muitos por lá. Adoro ler e o preço de livros lá fora é tentador, posso escrever sobre isso depois). A de roupas, a Kamilla e o Ítallo, do blog Europapo.com trouxeram para mim pouco mais de um mês após minha partida ( Detalhe que, sou vou buscá-la no fim deste mês, quando vou a São Paulo visitá-los, mais de 9 meses depois!rs). E a outra, de livros, a Patrícia trouxe para mim em fevereiro, quando veio visitar o Brasil. Esta, da mesma forma, está em SP e ainda não peguei.

E essa foi a dinâmica de arrumação das malas, a qual, apenas para ser completa precisou passar pelo fato de que no aeroporto, ao serem pesadas na cia aérea, uma delas excedeu o limite em 1 kg, ou seja, saiu da minha casa com 31kg mas pesou 33kg na balança da Air Lingus ( parceira da KLM). Fiquei desesperada, mas não menos cara de pau!rs… A menina que estava atrás de mim era brasileira e eu não pensei duas vezes, pedi para que ela pesasse as dela e como em uma delas havia menos do que o permitido, pedi para ela para que ela trouxesse uns sapatos e meu secador de cabelos. Ela, muito fofa, não se negou!

Resultado: No fim, tudo chegou muito bem ao Brasil, sem que eu precisasse pagar nada a mais por isso e nem perder nenhuma das minhas preciosas coisitas! E ainda, pude comprovar que brasileiros são mesmo um povo especial e que sempre que pode, ajuda o seu compatriota, o que me deixou muito feliz!

Em breve volto com mais histórias para vocês!

Xx

Anúncios

2 Respostas to “Tudo sobre malas para voltar da Europa para o Brasil…”

  1. Pri Oro 1 de agosto de 2012 às 14:29 #

    Andressa, adorei, quando puder posta sobre os livros, amo ler também 😀

  2. Patricia 4 de outubro de 2012 às 14:47 #

    Oii Andressa.. Muito legal seu blog!!! Adorei os posts..
    Quero muito fazer o programa de au pair na Europa, mas acho que nao tenho coragem para ir sem agencia, sem ter uma familia certa ja..
    Voce sabe de agencias que fazem esse programa ai? So achei para os EUA.

    Beijos, Patricia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: